Denúncia

Maior tribunal do país sem papel para processos

Maior tribunal do país sem papel para processos

O Campus da Justiça de Lisboa e outros tribunais não estão a ser abastecidos de papel e há secretários judiciais a instruir os funcionários para usarem as reservas que possam ter apenas em situações urgentes e que não possam ser adiadas.

A denúncia é do secretário-geral do Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ), António Marçal, que recebeu um desses emails de racionamento na passada quinta-feira, dia 12, e garante que "todo o Campus", assim como outros tribunais, nomeadamente em Braga e Almada, estão a ser afetados por uma "suborçamentação". Ao JN, o Ministério da Justiça (MJ) negou tudo.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG