Estado de emergência

Mais de 1500 estabelecimentos encerrados e 70 pessoas detidas

Mais de 1500 estabelecimentos encerrados e 70 pessoas detidas

O Ministério da Administração Interna anunciou, este domingo, que 70 pessoas foram detidas pelo crime de desobediência e 1546 estabelecimentos foram encerrados, desde o início do Estado de Emergência.

Dando cumprimento às determinações do Decreto que regulamenta o Estado de Emergência, em vigor desde ‪as 00h00 do dia 22 de março, a GNR e a PSP intensificaram a atividade de vigilância e sensibilização junto da população portuguesa, refere o Ministério da Administração Interna (MAI), em comunicado.

Segundo o balanço, feito às 18 horas, é possível perceber que a ação das polícia continua a incidir na sensibilização, havendo apenas mais um detido de sábado para domingo, aumentando para 70 o número total de pessoas suspeitas de violar a obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência.

Nas últimas 24 horas forma encerrados 37 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas, aumentando o total, desde 22 de março, de 1509 para 1546.

O MAI esclarece que estes números não se referem a operações de fiscalização rodoviária, ou outras, realizadas ao longo do fim de semana e "insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo Estado de Emergência", de forma a que todos contribuam para conter o contágio da Covid-19.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG