Premium

Mais de 500 furtos no alojamento local quase sem detidos

Mais de 500 furtos no alojamento local quase sem detidos

A PSP apanhou, em ano e meio, seis pessoas em Lisboa e nenhuma no Porto, onde só há "alguns suspeitos" identificados.

Os autores de furtos em habitações destinadas ao alojamento local em Lisboa e no Porto estão a conseguir escapar às malhas da Polícia. Entre o início de 2018 e 30 de junho deste ano, foram apresentadas à PSP, só no distrito de Lisboa, 518 queixas por este crime, mas apenas seis pessoas foram detidas, ainda que "várias" outras tenham sido identificadas. Já no do Porto - onde foram registados, no mesmo período, 62 furtos em estabelecimentos hoteleiros - não há detenções e estão somente identificados "alguns suspeitos".

Eduardo Miranda, presidente da Associação de Alojamento Local em Portugal (ALEP), reconhece que "é desagradável" para o negócio, mas ressalva que a PSP tem vindo a fazer "um trabalho de prevenção e de investigação". E recusa alimentar "alarmismos".

Outros Artigos Recomendados