Exclusivo

Mais de metade dos internados em centros educativos têm doença mental

Mais de metade dos internados em centros educativos têm doença mental

Em três centros, percentagem sobe para os 75%. País tem falta de uma unidade terapêutica especializada.

Na maioria dos centros educativos, a percentagem de jovens com "problemas a nível de saúde mental está acima dos 54%". E em três das estruturas o valor "ultrapassa mesmo os 75%". Aliás, para a Comissão de Acompanhamento e Fiscalização dos Centros Educativos (CAFCE), muitos dos jovens, pela gravidade da sua doença mental, nunca deveriam ter ido para um centro educativo. "Adequado teria sido o encaminhamento para uma instituição especializada na área de saúde mental", defende.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG