Santa Maria da Feira

Mais sete anos de prisão para homem que matou freira "Tona"

Mais sete anos de prisão para homem que matou freira "Tona"

Alfredo Santos, o homem que foi condenado a 25 anos de prisão por ter matado a freira "Tona" foi condenado, esta terça-feira, a sete anos de cadeia pelos crimes de sequestro, roubo e ofensa à integridade física.

O tribunal da Feira condenou, agora, Alfredo Santos pelos crimes cometidos sobre uma mulher em junho de 2019, em São João da Madeira, quando a agrediu e tentou roubar-lhe o carro.

O tribunal justificou que aplicou penas parcelares mais agravadas devido à reincidência do arguido.

O homem vai, ainda, ter que pagar uma indemnização por danos morais de 28 mil euros e 2,6 mil euros por danos patrimoniais.

O coletivo de juízes deu como provada a maioria dos factos da acusação, não conseguindo contudo provar que Alfredo Santos pretendia colocar a mulher na bagageira do carro, como constava na acusação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG