Fiscalização

Máquinas de jogo ilegal apreendidas em Esposende, Barcelos e Famalicão

Máquinas de jogo ilegal apreendidas em Esposende, Barcelos e Famalicão

A GNR apreendeu quatro máquinas de jogo ilegal em cafés dos concelhos de Esposende, Barcelos e Famalicão. Cinco pessoas foram constituídas arguidas.

No decorrer de uma ação de fiscalização de combate à exploração de jogo ilegal, os militares da guarda "visitaram" cinco estabelecimentos de restauração e bebidas, tendo sido detetados equipamentos de exploração ilícita de jogo em funcionamento.

Foram apreendidos, para além das quatro máquinas de jogo ilegal, um computador destinado a apostas online, um tablet, uma roleta e 136,5 euros em numerário.

Dois homens, de 38 e 50 anos, e três mulheres, de 32, 44 e 52 anos, foram constituídos arguidos e os factos foram comunicados aos tribunais Judiciais dos respetivos concelhos.

Esta operação contou com a colaboração do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ).

Em comunicado, a GNR relembra que "a dependência no jogo é reconhecida como uma patologia, sendo necessário estar alerta aos sinais que revelem a adição do jogador". É comum que aqueles que sofrem desta perturbação ponham em risco o seu trabalho e contraiam dívidas, acabando por inviabilizar a sua interação com a sociedade e adotar um comportamento autodestrutivo", salienta a guarda.

"É por este motivo, fundamental, uma fiscalização contínua e presente, de forma a sinalizar as pessoas com esta dependência, e reprimir quem utiliza e explora, de forma descontrolada e dissimulada, este tipo de equipamentos ou promove jogos de fortuna ou azar", acrescenta a entidade.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG