Política

Marcelo considera agora que modelo institucional da PJ "é uma boa solução"

Marcelo considera agora que modelo institucional da PJ "é uma boa solução"

O Presidente da República afirmou, na segunda-feira, considerar agora que o modelo institucional em que se enquadra a Polícia Judiciária "é uma boa solução", referindo que em tempos chegou a defender "a ponderação de diversos modelos institucionais".

Marcelo Rebelo de Sousa falava numa intervenção na sede da Polícia Judiciária (PJ), em Lisboa, após uma visita a estas instalações, fechada à comunicação social.

"O atual Presidente da República que, enquanto cidadão ou noutra qualidade de responsável político, chegou a defender ou admitir a ponderação de diversos modelos institucionais para articulação entre várias destas realidades, entende hoje enquanto Presidente da República que esta solução, a que existe, é a adequada", afirmou.

Segundo o chefe de Estado, a solução que existe "é aquela que conjuga a experiência com os desafios da mudança", que "permite a coordenação sem a dissolução da identidade" e que "valoriza o espírito próprio no quadro de uma ação conjunta".

Questionado depois pelos jornalistas se quando referiu que em tempos defendeu "a ponderação de diversos modelos" estava a falar na organização interna da PJ, ou antes no quadro de tutela e de relação com outras polícias, Marcelo Rebelo de Sousa respondeu que "era nesse segundo plano", sem entrar em detalhes.

"Mas, como Presidente da República, e tudo visto e somado, atendendo à experiência e à prática, nomeadamente recente, parece-me que a solução da conjugação coordenada é uma boa solução e que o modelo existente nomeadamente quanto à PJ é um bom modelo", acrescentou.