Infração

Marques Mendes condenado por excesso de velocidade

Marques Mendes condenado por excesso de velocidade

O advogado e comentador Marques Mendes foi condenado a depositar uma caução de 500 euros para não perder a carta de condução, depois de ter perdido um recurso no Tribunal da Relação por causa de uma multa por excesso de velocidade.

Marques Mendes e o advogado, Jorge Alves, confirmaram ao JN a informação.

O caso ocorreu há cerca de dois anos, quando o veículo passava em Lisboa, na Avenida Brasília, a 81 km/h, quando o limite era 50. Mendes foi condenado a pagar uma multa de 120 euros e à inibição de conduzir por 45 dias, pena suspensa sob caução de 500 euros. Mas foi apresentado um recurso quanto à suspensão da carta, com o argumento de que, ao contrário do que diziam as autoridades, não era Marques Mendes quem conduzia o veículo. No entanto, o comentador não conseguiu precisar se era ele, a mulher ou o filho quem ia realmente ao volante, uma vez que, alegou, aqueles últimos são igualmente utilizadores regulares do veículo.

PUB

O processo foi correndo os seus termos e agora o Tribunal da Relação de Lisboa veio confirmar a primeira decisão. Embora a decisão judicial tenha sido acatada, o advogado mantém, em declarações ao JN, que continua por esclarecer quem é que realmente guiava a viatura que, formalmente pertence a uma locadora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG