Exclusivo

Mata "avós" e fotografa-os por lhe recusarem carro

Mata "avós" e fotografa-os por lhe recusarem carro

Homicida, de 17 anos, costumava pedir-lhes dinheiro e a viatura. Discussões eram frequentes. Mutilou os corpos, limpou sala com lixívia e fugiu.

Uma discussão sobre a utilização de um carro levou António Lourenço, de 17 anos, a assassinar brutalmente os avós por afinidade, em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém. Matou-os, mutilou-os e escondeu os corpos, mas antes fotografou-os. Depois, fugiu no carro, um Renault Clio.

No dia 1 de junho passado, de manhã, o jovem, que é filho de uma mulher que vivia com um filho adotivo das vítimas, dirigiu-se à casa destas. Queria pedir-lhes para usar o carro e dinheiro, como fazia frequentemente. Perante a nega, assassinou-os cruelmente à facada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG