Exclusivo

Médicos e enfermeira julgados por negligência na morte de bebé

Médicos e enfermeira julgados por negligência na morte de bebé

Grávida de 37 semanas perdeu a criança depois de uma hora e vinte minutos à espera de assistência na urgência do Hospital da Guarda. Clínicos negaram responsabilidade.

O juiz de instrução criminal do Tribunal da Guarda mandou para julgamento os médicos Mónica Reis e José Coelho e a enfermeira Gabriela Will, pronunciando-os por crime de ofensas à integridade física por negligência agravado. Os arguidos, que serão julgados em breve, estavam de serviço a 16 de fevereiro de 2017, quando uma grávida esperou quase hora e meia para ser observada e perdeu a bebé.

A obstetra, bem como a enfermeira, pertencem ao quadro da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda e o outro clínico tem domicílio profissional em Santarém, sendo que, à data dos factos, era médico tarefeiro na instituição, à qual nunca mais voltou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG