Grândola

Mega operação da GNR detém criminosos violentos por burlas e roubos

Mega operação da GNR detém criminosos violentos por burlas e roubos

Uma operação policial com 150 elementos da GNR e PSP em Grândola culminou na detenção de seis homens e duas mulheres, por crimes de falsificação de documentos, burlas, furtos e roubos no centro e sul do país.

Alguns dos detidos, com idades entre 22 e 69 anos, já tinham sido condenados por homicídio qualificado e eram vistos pelas autoridades como extremamente perigosos. O grupo falsificava diversos documentos necessários para a aquisição de créditos bancários ou veículos e ainda realizava furtos e roubos violentos com as vítimas a serem agredidas, em caso de resistência.

A GNR investigava este grupo há cerca de dois anos e descobriu que este atuava não só no distrito de Setúbal como em Aveiro, Santarém, Lisboa e Portalegre. No seguimento das buscas às casas, garagem e veículos utilizados pelos suspeitos, as autoridades apreenderam documentação falsificada e carimbos, material informático e de impressão, quase três mil euros em dinheiro, duas armas e vários artigos em ouro.

Os suspeitos serão presentes ao Tribunal de Setúbal para aplicação de medidas de coação, desconhecidas até ao momento. A operação contou com o reforço das estruturas de investigação criminal dos Comandos Territoriais de Setúbal e Portalegre, do Grupo de Intervenção de Operações Especiais da Unidade de Intervenção da GNR, dos Destacamentos de Intervenção dos Comandos Territoriais de Setúbal, Santarém e Portalegre e ainda com a Polícia de Segurança Pública.

Outros Artigos Recomendados