Premium

Megaoperação da PJ apanha rede chinesa de fuga ao Fisco

Megaoperação da PJ apanha rede chinesa de fuga ao Fisco

As autoridades desmantelaram uma gigantesca rede responsável por transferências suspeitas de cerca de 60 milhões de euros para a China.

As autoridades acreditam que se trata de dinheiro proveniente de negócios que saiu do país à margem do Fisco. Foram detidas pelo menos oito pessoas e realizadas 30 buscas a casas, armazéns e ainda gabinetes de contabilidade, essencialmente do Norte do país. Há ainda técnicos oficiais de contas constituídos arguidos.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, a investigação da Polícia Judiciária (PJ) e da Direção de Finanças do Porto da Autoridade Tributária (AT), que contou com a colaboração da ASAE e da GNR, visou donos de armazéns chineses, suspeitos de realizarem milhões de euros de vendas não faturadas de artigos.