Espanha

Submarino com cocaína já foi retirado do fundo do mar na Galiza

Submarino com cocaína já foi retirado do fundo do mar na Galiza

Um mergulhador conseguiu esta segunda-feira aceder ao interior do submarino que foi intercetado numa praia de Cangas (Vigo), na Galiza, confirmando a existência de droga a bordo.

Estima-se que transportasse mais de três toneladas de cocaína.

Em declarações aos jornalistas, o delegado do Governo espanhol na Galiza, Javier Losada, confirmou a existência de droga no interior do submarino, após a entrada de um mergulhador. "Por agora o que se sabe é que há droga porque um mergulhador conseguiu entrar no artefacto. Não saberemos a quantidade, até que consigamos extraí-la e pesá-la", disse Javier Losada, segundo o jornal "Faro de Vigo", recusando adiantar mais informação. "Há muitas linhas de atuação em curso, tanto por parte do Serviço de Aduanas, como da Guarda Civil e da Policia Nacional, e dos serviços centrais. É uma operação que ainda não está concluída", assinalou.

O mergulhador terá extraído um fardo de cocaína do interior do submarino com cerca de 22 metros, supostamente procedente da Colômbia e que estava há três dias sob investigação, até "encalhar" no fundo do mar, frente à praia de Foxo em Hío, uma pequena aldeia de Cangas.

O submarino já foi retirado do fundo do mar e rebocado para o porto de Cangas. Segundo a imprensa galega, a operação foi concretizada esta tarde pelo serviço de Vigilância Aduaneira e pela Guarda Civil.

Dos três tripulantes equatorianos, dois foram detidos e um conseguiu escapar e está a monte.

Trata-se da primeira apreensão na Europa de um submarino "correio de droga".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG