Exclusivo

Milhões do Benfica passaram por várias empresas até chegar a Vieira

Milhões do Benfica passaram por várias empresas até chegar a Vieira

Os milhões de euros em comissões inflacionadas de transferências de jogadores saíram de Portugal, deram a volta ao Mundo, através de um carrossel de offshores, mas regressaram ao país de origem: às empresas de Vieira.

Esta é a tese do Ministério Público (MP) que o levou a deter anteontem Luís Filipe Vieira, o agente de futebol Bruno Macedo e o filho do líder encarnado Tiago Vieira. O empresário José António dos Santos, conhecido como "Rei dos Frangos", também foi detido na Operação Cartão Vermelho, devido à OPA ao SLB e a fraudes com dívidas de Vieira ao Novo Banco. Em causa estão negócios de cerca de 100 milhões.

O MP acredita que Vieira lesou o Benfica em 2,5 milhões de euros com a conivência do empresário de futebol Bruno Macedo. Terão sido subtraídos 1,2 milhões à SAD encarnada em relação a mais-valias das vendas dos jogadores Derlis González e Cláudio Caniza, além de 1,3 milhões com o atleta César Martins.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG