Exclusivo Edição Impressa

Milionário condenado a pagar quatro milhões de euros ao Estado

Milionário condenado a pagar quatro milhões de euros ao Estado

Empresário José Veloso sentenciado por fraude fiscal. Deve assumir juros de depósitos em offshore se não quiser ir preso dois anos e seis meses.

O Tribunal de Braga condenou o empresário José Veloso de Azevedo a dois anos e seis meses de prisão, pena suspensa por igual período, pela prática do crime de fraude fiscal qualificada. A suspensão fica "condicionada à obrigação de o arguido pagar 3,7 milhões de euros com juros (cerca de quatro milhões) ao Estado. Ao JN, o seu advogado, Artur Marques, disse que vai recorrer da decisão, da qual discorda "frontalmente".

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG