Gaia

Militar da GNR detido por suspeita de dar cobertura a criminosos

Militar da GNR detido por suspeita de dar cobertura a criminosos

Um guarda a prestar serviço da GNR dos Carvalhos, em Gaia, foi detido pela Polícia Judiciária do Porto por suspeitas de corrupção, violação de segredo de funcionário, falsificação de documentos, burla e acesso ilegítimo.

O guarda David Ramalho terá aproveitado as suas funções para dar cobertura a atividades criminosas, como tráfico de droga. Avisaria traficantes de operações iminentes e passaria informações sensíveis a bandidos. O indivíduo e três mulheres - uma delas companheira do militar - vão ser interrogados por um juiz para aplicação de medidas de coação, esta quinta-feira.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, Ramalho começou a ser investigado há cerca de um ano pela própria GNR, que desconfiava dos seus comportamentos.

Leia mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG