O Jogo ao Vivo

GNR

Militar da GNR suicida-se na Unidade de Intervenção

Militar da GNR suicida-se na Unidade de Intervenção

Um militar da GNR, de 26 anos, suicidou-se a tiro, esta quarta-feira de madrugada, quando estava de sentinela no quartel da Unidade de Intervenção, confirmou, ao JN, fonte da instituição.

O guarda foi encontrado sem vida, pelas 7.00 horas, por um colega que o iria render, admitindo-se que a morte tenha ocorrido durante a madrugada, durante o seu turno, disse ao JN um oficial da Divisão de Comunicação e Relações Públicas da GNR.

O militar teria regressado recentemente ao serviço, depois de uma baixa psiquiátrica prolongada.

Fonte da Divisão de Comunicação e Relações Públicas da Guarda escusou-se a adiantar mais pormenores.

Com esta morte, eleva-se a 13 o número de elementos, entre GNR e PSP, que puseram termo à vida desde o princípio do ano.