Vimioso

Militares da GNR agredidos quando tentavam acabar com festa ilegal

Militares da GNR agredidos quando tentavam acabar com festa ilegal

Dois militares da GNR do destacamento de Miranda do Douro receberam tratamento médico depois de terem sido agredidos quando fiscalizavam uma festa ilegal em Santulhão, no concelho de Vimioso, adiantou uma fonte da Guarda.

A patrulha da GNR foi ameaçada e agredida cerca das 2.30 horas do passado sábado, quando os militares verificavam a existência de uma festa, nas traseiras de um estabelecimento comercial em Santulhão, e tentavam identificar o proprietário e terminar com o convívio, visto ser ilegal.

No entanto, a patrulha foi recebida com insultos e com o arremesso de objetos por parte de um elevado número de pessoas, cerca de 80. Dois militares acabaram por ficar feridos com pequenas escoriações e foram encaminhados para uma unidade de saúde para receberem tratamento.

A GNR enviou um reforço de meios para aquela localidade e perante o dispositivo, com vários militares, a festa terminou e as pessoas dispersaram. Foram identificados três suspeitos. O caso seguiu para o Ministério Público.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG