O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Ministério Público acusa três médicos de negligência por morte de idosa

Ministério Público acusa três médicos de negligência por morte de idosa

Três antigos médicos do Centro de Saúde de Mirandela e do hospital local foram acusados pelo Ministério Público (MP) de um crime de homicídio por negligência, pela morte de uma idosa que sofreria de uma insuficiência cardíaca que não terão detetado.

O caso remonta a 2015. Segundo a acusação, a que o JN teve acesso, Maria Manuela Rosa foi atendida, em apenas dois meses, por cinco vezes no Centro de Saúde de Mirandela I e por uma no hospital da cidade, exibindo um quadro clínico progressivamente mais grave.

Na primeira consulta no Centro de Saúde, a 24 de agosto, a idosa queixou-se de "uma sensação de pressão/aperto atribuído", tendo sido assistida, segundo o MP, por Pedro Mendes, 53 anos, um dos três médicos acusados. O clínico pediu um eletrocardiograma.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG