Covid-19

Ministério Público inicia investigação sobre festa ilegal em Lagos

Ministério Público inicia investigação sobre festa ilegal em Lagos

O Ministério Público (MP) abriu um inquérito para apurar as circunstâncias que rodearam uma festa de aniversário realizada nas instalações do Clube Desportivo de Odiáxere, Lagos, Algarve, na origem de um surto de covid-19.

O inquérito foi instaurado na sexta-feira pelo Ministério Público da secção de Lagos do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro, indica este sábado o site do MP local.

A festa em causa ocorreu na noite de 7 para 8 deste mês, terá reunido várias dezenas de pessoas e "estará na origem de um surto de infeções por covid-19", refere o DIAP de Faro.

"No âmbito do inquérito será avaliado o eventual enquadramento desta factualidade em prática de crime, designadamente de propagação de doença", adianta o DIAP de Faro em informação colocada no site.

A abertura de investigação ocorre após a ministra da Justiça solicitar à Procuradoria-Geral da República (PGR) a intervenção do MP para, em representação do Estado, "instaurar ações indemnizatórias contra os promotores do evento de Odiáxere, em Lagos, do qual resultou a infeção de mais de sete dezenas de pessoas, incluindo crianças".