Porto

MP pede 25 anos de cadeia para gémeos fugitivos do TIC

MP pede 25 anos de cadeia para gémeos fugitivos do TIC

O Ministério Público pediu, na manhã desta terça-feira, a condenação a 25 anos de prisão para os dois irmãos gémeos que protagonizaram uma fuga do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, em 2018.

Os dois arguidos estão acusados de dezenas de furtos e roubos e evasão.

Para o sobrinho, que fugiu na mesma altura, o procurador considerou que deve ser condenado a um ano de prisão efetiva.

Pediu ainda a condenação dos restantes cinco arguidos que estão acusados no mesmo processo.

Fuga do tribunal

Na quinta-feira de 18 de outubro de 2018, minutos depois de terem ouvido o magistrado decretar-lhes prisão preventiva, os três detidos foram conduzidos às celas do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) onde aguardavam uma carrinha celular para serem transportados para Custóias. Sem ninguém se aperceber, os indivíduos apoderaram-se das chaves da cela e, com a ajuda da namorada de um deles, fugiram do edifício do tribunal por uma janela do segundo andar. Já no exterior, apanharam um táxi.

PUB

A PSP colocou de imediato em marcha uma operação nas ruas do Porto, para tentar capturar os homens. Os indivíduos, suspeitos de assaltos a 30 idosos, alguns com violência, foram encontrados um dia depois no Parque de Campismo de Medas, em Gondomar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG