Exclusivo

MP pede absolvição de ex-deputada acusada de votar por colega

MP pede absolvição de ex-deputada acusada de votar por colega

Procuradora considera que não ficou provado, no julgamento, que tenha sido a social-democrata Maria das Mercês Borges a marcar a presença do colega de bancada Feliciano Barreiras Duarte em plenário a que este faltou, em 2018.

O Ministério Público pediu, esta quinta-feira, a absolvição de uma ex-deputada do PSD acusada de, em 2018, ter votado por si e por um colega de bancada a proposta do Orçamento do Estado para 2019. Maria das Mercês Borges, de 64 anos, responde, no Tribunal Local Criminal de Lisboa, por um crime de falsidade informática agravado e um de abuso de poderes. A decisão da juíza é conhecida no próximo dia 7 de abril de 2022.

O caso remonta a 30 de outubro de 2018, dia em que a Assembleia da República discutiu e votou na generalidade a proposta do Orçamento do Estado para o ano seguinte. Feliciano Barreiras Duarte, antigo secretário-geral do PSD e então deputado, esteve presente no debate durante a manhã, mas, devido a problemas pessoais, abandonou, à hora de almoço, o hemiciclo e já não voltou para a sessão da tarde.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG