Advogado dos lesados do BES

"Muita gente achava que Ricardo Salgado não podia ser condenado"

"Muita gente achava que Ricardo Salgado não podia ser condenado"

O advogado dos lesados do BES ficou satisfeito com a condenação do ex-banqueiro, Ricardo Salgado, a seis anos de prisão efetiva, no âmbito do processo Marquês. Nuno Vieira, que reclama 200 milhões de euros em nome dos 1600 lesados, acredita que a sentença desta segunda-feira é a primeira de outras decisões judiciais que irão condenar o antigo patrão do BES.

"Foi uma decisão muito importante. Primeiro porque muita gente achava que Ricardo Salgado não podia ser condenado. Pensavam que iriam surgir erros no julgamento ou que por qualquer motivo que o livrasse de ser considerado culpado", disse ao JN Nuno Vieira.

O advogado também acredita que esta condenação, por Salgado ter desviado 10,7 milhões de euros do Grupo Espírito Santo (GES) para a sua esfera pessoal, em 2011, pode demonstrar um padrão de atuação do ex-banqueiro. "Se foi condenado no âmbito da Operação Marquês, dando como provado que desviou dinheiro, não vejo como não pode vir a ser condenado no processo do BES", assegura Nuno Vieira.

Neste processo, Salgado, de 77 anos, está acusado de 65 crimes de burla qualificada, corrupção ativa no setor privado, falsificação de documento, branqueamento, infidelidade, manipulação de mercado e associação criminosa. Além de Ricardo Salgado, o Ministério Público acusou outros 24 arguidos que terão causado mais de 11,8 mil milhões de euros de prejuízos ao BES e ao GES. Os factos só foram detetados a partir de 2014, ano em que o GES ruiu, mas terão sido praticados ao longo dos anos anteriores.

Há ano e meio, Ricardo Salgado, entretanto diagnosticado com Alzheimer, negou a prática de qualquer crime e garantiu ter posto sempre "os interesses do BES acima de quaisquer outros".

É neste processo que os lesados reclamam 200 milhões de euros. A condenação no âmbito da Operação Marquês deu ânimo às alegadas vítimas.

"Desde a decisão instrutória pronunciada pelo juiz Ivo Rosa, no ano passado, até esta condenação, passaram-se relativamente poucos meses. Isso dá nos confiança para o processo do BES, em que esperamos ter também alguma celeridade", disse Nuno Vieira, lembrando que apesar da defesa do ex-banqueiro recorrer para a Relação, a decisão definitiva deverá ser conhecida dentro de seis ou oito meses.

PUB

Ricardo Salgado foi condenado esta segunda-feira a seis anos de prisão por três crimes de abuso de confiança por ter transferido 10,7 milhões de euros do GES para offshores que ele controlava.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG