PSP

Mulher suspeita de agredir mãe até à morte em Oeiras

Mulher suspeita de agredir mãe até à morte em Oeiras

Uma mulher, de 40 anos, doente psiquiátrica, é suspeita de agredir a mãe, de 71 anos, dentro de casa, provocando-lhe a morte, esta madrugada de quarta-feira, em Oeiras, confirmou ao JN o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Segundo afirmou ao JN o adjunto de Comando dos Bombeiros de Oeiras, Vítor Pato, os vizinhos ligaram para o 112 porque "uma senhora, de 40 anos, estava a gritar dentro do prédio com uma faca, agressiva e bastante agitada e com um discurso incoerente". " À nossa chegada, a senhora barricou-se dentro de casa", referiu aquele operacional.

Apesar da insistência da PSP e dos bombeiros, não foi possível abrir a porta, tendo a entrada sido forçada pelos Bombeiros de Oeiras. Foi aí que se depararam com uma mulher de 71 anos, "prostrada no chão e com marcas de agressão, que não são específicas", avança ainda a PSP.

Procedeu-se a manobras de reanimação, mas já não foi possível e o óbito foi declarado no local. A Polícia Judiciária está a investigar o caso

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG