Violência

Mulher tenta matar namorado depois de ser libertada pelo Tribunal

Mulher tenta matar namorado depois de ser libertada pelo Tribunal

Uma mulher de 25 anos terá tentado matar o namorado com uma tesoura, na tarde de terça-feira, minutos depois de ter sido mandada em liberdade pelo Tribunal da Feira, onde foi interrogada por ameaçar o namorado com uma arma de fogo.

A mulher foi detida pela GNR de Lourosa, pelas 5.30 horas da madrugada de terça-feira, depois de ameaçar o namorado com uma arma de fogo.

Após discussão, o homem deixou repentinamente a habitação, em Fiães, e refugiou-se no interior do carro. Contudo, foi perseguido pela mulher que lhe apontou a arma e ainda tentou partir o vidro da viatura.

O namorado conseguiu ligar para a GNR e pedir auxílio, informando que estava a ser vítima de violência doméstica e ameaçado com uma arma de fogo.

A patrulha deslocou-se ao local e deteve a mulher que se encontrava no interior da habitação, ainda na posse da arma que guardava no bolso.

Já depois de detida, provocou vários estragos na cela e bateu com a face nas paredes.

Foi levada ao Hospital da Feira onde foi tratada. Quando regressou à cela, tentou suicidar-se com uns lençóis descartáveis que lhe tinham sido entregues.

A VMER da Feira e os Bombeiros de Lourosa foram chamados ao local pela GNR, tendo a mulher sido transportada, desta vez, para a urgência psiquiátrica do Hospital de Aveiro.

Ao início da tarde, foi presente ao Tribunal da Feira para interrogatório e conhecer as respetivas medidas de coação.

Depois de ouvida, saiu em liberdade com obrigatoriedade de apresentações semanais no posto da GNR da área de residência e afastamento obrigatório do namorado.

Contudo, mal saiu do Tribunal, ligou para o namorado, que se encontrava a trabalhar, e ameaçou-o novamente de morte.

Mal este regressou a casa, foi confrontado com a presença da mulher que, munida de uma tesoura, o tentou atingir. Conseguiu defender-se, tendo a mulher fugido com as chaves de casa e do carro.

A patrulha foi informada e encontrou a agressora perto da habitação com a tesoura na mão, tentando usar a mesma, contra ela própria, numa nova tentativa de suicídio.

Foi levada ao Hospital e, depois de recuperada, passou mais uma noite nos calabouços da GNR de Lourosa.

Na tarde desta quarta-feira, foi ouvida novamente no Tribunal da Feira, agora pela suspeita do crime de tentativa de homicídio. Foi-lhe decretada a prisão preventiva, sendo remetida ao Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo.

A mulher encontra-se a cumprir pena suspensa por ter esfaqueado o ex-companheiro, pai da sua filha.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG