O Jogo ao Vivo

Aguiar da Beira

Mulher baleada tem traumatismo cranioencefálico grave

Mulher baleada tem traumatismo cranioencefálico grave

A mulher baleada esta terça-feira em Aguiar da Beira sofreu um traumatismo cranioencefálico grave e encontra-se no bloco operatório a ser intervencionada.

De acordo com o diretor do Serviço de Urgências do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, Miguel Sequeira, a mulher foi a terceira vítima dois crimes de Aguiar da Beira a dar entrada naquela unidade hospitalar e "deverá ficar internada na unidade de cuidados intensivos após cirurgia".

Já o primeiro a chegar foi um militar da GNR de 41 anos, também ele com um traumatismo cranioencefálico causado por arma de fogo.

"O homem foi avaliado pelo Serviço de Otorrinolaringologia, Cirurgia Maxilofacial e Neurocirurgia. Está estável e foi internado no Serviço de Neurocirurgia", informou.

No Centro Hospitalar Tondela-Viseu deu ainda entrada um outro militar da GNR, de 29 anos, que chegou já cadáver.

Também um outro homem, civil, foi encontrado morto em Aguiar da Beira, junto da mulher que se encontra a ser intervencionada no Centro Hospitalar Tondela-Viseu.

PUB

Durante a tarde, um terceiro militar da GNR terá sido ferido em Candal, no concelho de S. Pedro do Sul.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG