Loures

Mulher condenada a 16 anos de prisão por matar namorado

Mulher condenada a 16 anos de prisão por matar namorado

Mulher de 32 anos esfaqueou mortalmente companheiro em Odivelas depois de discussão motivada por ciúmes. Terá de cumprir 16 anos de prisão e depois será expulsa de Portugal por cinco anos.

O casal, ele de 39 e ela de 32, ambos brasileiros, terá iniciado uma relação amorosa em meados de dezembro de 2019 e passou a residir conjuntamente em Odivelas.

Cerca de um mês mais tarde, a 19 de janeiro, encontraram-se com amigos num bar, onde consumiram bebidas alcoólicas. De regresso a casa, por volta da meia-noite, terão inicado uma discussão motivada por ciúmes do homem, o que desagradou à mulher.

Sem que ele se apercebesse, a mulher muniu-se de facas de cozinha e, "de forma súbida e inesperada, atingiu-o com uma faca desferindo diversos golpes, causando-lhe a morte", relata um comunicado do Procuradoria da Comarca de Lisboa Norte.

Quando as autoridades chegaram ao local, o homem já se encontrava cadáver. A mulher foi detida e, depois, formalmente acusada do crime. A arguida terá confirmado a autoria das agresões mas alegou legítima defesa.

O Tribunal de Loures não deu acolhimento à tese de legítima defesa e condenou-a por homicídio qualificado, anunciou ontem a Procuradoria de Lisboa Norte. Terá de cumprir uma pena de 16 anos prisão e ainda foi condenada à pena acessória de expulsão do território nacional por cinco anos.

A condenação resultou de prova produzida em julgamento após acusação do Ministério Público da 1ª Secção do DIAP de Loures, sendo a investigação realizada pela Polícia Judiciária.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG