Crime

Mulher detida em despiste após roubo a carrinha de valores em Almada

Mulher detida em despiste após roubo a carrinha de valores em Almada

O Tribunal de Almada aplicou a medida de coação mais pesada, prisão preventiva, a uma mulher que roubou uma carrinha de valores em Almada na companhia de outros dois indivíduos e despistou-se a alguns quilómetros do local do crime, tendo sido aí detida pelas autoridades. Os outros suspeitos permanecem em fuga.

O caso deu-se na manhã de terça-feira, dia 19, tendo a suspeita utilizado o carro da sua mãe para o roubo. Na companhia de dois outros indivíduos, conduziu a um supermercado da Aldeia dos Capuchos, na Costa de Caparica, onde aguardaram pela chegada do veículo de transporte de valores.

Logo que este chegou, de acordo com o plano por todos delineado, a arguida ficou em posição de vigia enquanto outro suspeito abordou o funcionário da empresa de transporte de valores, encostando-lhe uma arma de fogo às costas e dizendo-lhe para se deitar no chão.

A vítima acatou estas ordens, tendo sido possível ao grupo apoderar-se de um saco de plástico que continha 940 euros em notas e uma mala metálica preta, no valor de cinco mil euros, destinada à recolha de notas.

Os suspeitos abandonaram, de imediato, o local, mas acabaram por sofrer um acidente de viação durante a fuga e a arguida veio a ser intercetada por populares. Ainda tentou desfazer-se da mala no mato, mas os bens roubados acabaram por ser recuperados.

A investigação prossegue pela Unidade Nacional Contra Terrorismo da Polícia Judiciária.