Porto

Mulher entra no hospital com entorse e sai com pé amputado

Mulher entra no hospital com entorse e sai com pé amputado

Uma mulher, de 64 anos, acusa um ortopedista, um fisioterapeuta e dois cirurgiões do Hospital de Santa Maria, no Porto, de negligência médica.

Alega que lhe diagnosticaram uma entorse quando tinha um pé partido e que nunca foi tratada convenientemente. A paciente, que está internada com graves complicações, foi primeiro amputada de três dedos e depois metade do pé. Ao JN, o hospital negou a negligência e atribuiu as complicações à diabetes.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG