Justiça

Mulher que assaltava casas de idosos em preventiva

Mulher que assaltava casas de idosos em preventiva

Ficou em prisão preventiva uma mulher, de 52 anos, detida por suspeita de furto de joias e dinheiro em residências de idosos no concelho de Sintra.

A mulher, de 52 anos, que vigiava as residências habitadas por idosos e quando estes saiam, introduzia-se, por arrombamento, no seu interior, furtando joias e dinheiro, foi detida na quinta-feira por investigadores do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Sintra e viu esta sexta-feira à tarde a prisão preventiva confirmada.

Já com antecedentes criminais pelo mesmo ilícito e a cumprir quatro anos de prisão, com pena suspensa, a mulher estava a ser investigada há cerca de um mês, na sequência de mais um assalto, de onde furtou 14 mil euros em dinheiro e joias avaliadas em 2560 euros.

Os investigadores da GNR de Sintra acabaram por confiscar 1923,90 euros em dinheiro, diversas peças de joalharia, três telemóveis, documentação relacionada com a venda de artigos em ouro e um veículo.

Submetida esta sexta-feira à tarde a interrogatório judicial no Tribunal de Sintra, a mulher viu a prisão preventiva confirmada e recolheu ao Estabelecimento Prisional de Tires, no concelho de Cascais.