Mafra

Mulher regou companheiro com álcool etílico e ateou-lhe fogo

Mulher regou companheiro com álcool etílico e ateou-lhe fogo

Uma mulher de 40 anos foi detida por crime de violência doméstica depois de ter regado o companheiro, de 41, com álcool etílico, ateando-lhe fogo em seguida, em Mafra.

A vítima ficou com queimaduras graves na face, tórax e membros inferiores.

Em comunicado, a GNR informa que o Comando Territorial de Lisboa, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, deteve a mulher na passada quinta-feira.

"No âmbito de uma investigação de violência doméstica, os militares apuraram que na sequência de uma discussão entre um casal, a mulher regou o companheiro, de 41 anos, com álcool etílico, ateando-lhe fogo em seguida. Da agressão, que ocorreu em Mafra no dia 20 de outubro, resultaram queimaduras extensivas na face, tórax e membros inferiores, tendo sido evacuado de urgência para uma unidade hospitalar", pode ler-se na nota enviada à imprensa.

Na passada quinta-feira, os militares da GNR "deram cumprimento a um mandado de detenção para a agressora", que tinha fugido e foi localizada e detida já em Beja, quatro dias depois da agressão.

A detida foi presente, na passada sexta-feira, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial da Comarca Lisboa-Oeste-Sintra. Foi-lhe "aplicada a medida de coação de prisão preventiva e proibição de contacto com a vítima, tendo sido conduzida ao Estabelecimento Prisional de Tires".

Outros Artigos Recomendados