Exclusivo

Mulher vai ser julgada pela 18.ª vez por difamação ou injúrias

Mulher vai ser julgada pela 18.ª vez por difamação ou injúrias

Munícipe de Vila Verde foi acusada de dezenas de crimes contra ex-vereadores, a própria autarquia e procurador do Ministério Público. Nunca cumpriu pena de prisão.

Uma mulher de Vila Verde vai ser julgada, por difamação e injúria, pela 18.ª vez. Paula Cristina Moreira, de 48 anos, foi acusada de 39 crimes contra os então vereadores da Câmara de Vila Verde Patrício Araújo e Júlia Fernandes (atual presidente da Câmara) e contra um procurador do Ministério Público vilaverdense.

O julgamento deveria ter começado em maio, mas foi adiado para setembro, porque o Tribunal de Braga pediu ao Gabinete Médico Legal e Forense do Cávado para avaliar a robustez mental da arguida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG