Exclusivo

Multas a café levam clientes a fazer festa na cave ao lado

Multas a café levam clientes a fazer festa na cave ao lado

Fiscalização frequente da Guarda a espaços de diversão não demoveu empresário nem afastou os convivas.

Apesar de várias vezes multado, o dono de um café, que funciona igualmente como padaria, em Louredo, Paredes, insiste em manter as portas abertas. Também os clientes, alvo de sucessivas contraordenações, continuam a juntar-se para assistir a jogos de futebol pela televisão e para consumir bebidas alcoólicas. Numa primeira fase, faziam-no nas instalações do estabelecimento, mas depois, e numa tentativa de iludir a GNR, na cave de um edifício anexo ao café. Era ali que, anteontem, estariam cerca de 30 pessoas, muitas das quais fugiram à chegada dos militares.

Embora proibido, pelas regras impostas durante o estado de emergência, de ter clientes no interior do espaço, o proprietário do café manteve as portas abertas e, no final do ano passado, foi multado pela GNR. A coima, no entanto, não o fez mudar de ideias. O empresário continuou a atender clientes. Contudo, em vez de o fazer nas instalações do café, à vista de todos, inclusive da GNR, passou a fazê-lo na cave de um edifício anexo. Foi nesse local que, no dia 15 do mês passado, a GNR encontrou sete pessoas a assistir, pela televisão, ao F. C. Porto-Benfica. Todas foram multadas, por não usarem máscara de proteção e por estarem a violar o dever geral de recolhimento domiciliário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG