O Jogo ao Vivo

Exclusivo

"Não sei se a minha filha está viva ou se está morta"

"Não sei se a minha filha está viva ou se está morta"

Piedade Manteigas, que será indemnizada por ter ficado sem três filhas, promete lutar pela reunificação familiar.

Sem ver as três filhas há sete anos, os pais que serão indemnizados pelo Estado português prometem lutar, até às últimas consequências, pela reunificação da família. E se no caso da uma das irmãs o Tribunal de Évora já declarou cessada a inibição do exercício das responsabilidades parentais, na situação da mais nova das raparigas tudo parece mais difícil. Piedade Manteigas e Nuno Freitas não sabem, sequer, onde está a menina que lhes foi retirada pela Segurança Social (SS), em 2007.

"Não sei se a minha filha está viva ou morta e quero saber o que é feito dela", garante Piedade Manteigas. Elisabete tinha seis meses quando a SS, numa decisão ratificada pelo tribunal, decidiu retirá-la da casa dos pais, em Vendas Novas, Évora. Tal como as duas irmãs mais velhas, a bebé foi posta num centro de acolhimento, onde recebia a visita dos progenitores no primeiro domingo do mês.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG