PSP

No Name Boy detido por atacar autocarro do Benfica à pedrada

No Name Boy detido por atacar autocarro do Benfica à pedrada

A PSP anunciou, esta sexta-feira, a detenção de mais um elemento da claque No Name Boys suspeito de ter atacado à pedrada, a 4 de junho de 2020, o autocarro do Benfica, após um jogo com o Tondela.

O adepto benfiquista, de 27 anos, está indiciado pelos crimes de atentado à segurança de transporte rodoviário e de tentativa de homicídio. Vai aguardar o desenrolar do processo, por decisão do tribunal, em prisão preventiva.

A maioria dos restantes membros dos No Name Boys que terão orquestrado e participado no ataque estava já, por sua vez, em prisão domiciliária, no âmbito do mesmo processo.

Serão ainda os autores das ameaças inscritas nas paredes e portas das residências de alguns jogadores e do então treinador do clube, adianta, em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

A 4 de junho de 2020, o autocarro do Benfica foi atacado à saída da A2, quando se dirigia para a academia, no Seixal. As pedras terão sido arremessadas de um viaduto ali existente. Dois jogadores sofreram ferimentos ligeiros.

A vandalização dos muros das habitações aconteceu na mesma madrugada.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG