Exclusivo

Nova polícia europeia recruta 40 agentes nas forças portuguesas

Nova polícia europeia recruta 40 agentes nas forças portuguesas

Guarda Europeia de Fronteiras e Costeira tem 40 portugueses entre os 425 elementos que já estão em formação. Sete formadores foram recrutados no SEF.

Aquela que será a primeira polícia europeia com capacidade financeira e meios próprios e autónoma dos estados que integram o Espaço Schengen contará com um forte contingente português. São já 40 os ex-elementos da GNR, PSP, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e Polícia Judiciária a integrar a Guarda Europeia de Fronteiras e Costeira, nesta primeira fase de implantação, aos quais se somam sete formadores. Dois deles mereceram uma homenagem da Frontex, a agência da União Europeia onde se integra a nova força.

António Nunes, presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, fala de um marco na construção da União. Mas alerta para uma eventual perda de autonomia na área da segurança dos países europeus e para as consequências na relação de Portugal com os Estados Unidos da América (ver texto na página seguinte).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG