Processo

Novo Banco pede insolvência de milionário com dívida de 374 milhões

Novo Banco pede insolvência de milionário com dívida de 374 milhões

Moniz da Maia pediu fortuna ao BES e deu como garantia ações de valor quase nulo. Restam-lhe terrenos em Benavente, que poderão valer umas dezenas de milhões.

O Novo Banco (NB) requereu a declaração de insolvência da Totalpart, sociedade que gere outras unidades do Grupo Moniz da Maia, com vista à recuperação de quase 375 milhões de euros, relativos a empréstimos concedidos pelo BES, em 2009 e 2011, que não foram pagos. A ação está a ser julgada no Tribunal de Comércio de Lisboa, mas, perante a aparente dissipação do património do grupo, dificilmente permitirá recuperar mais do que conjunto de terrenos, em Benavente.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG