O Jogo ao Vivo

Exclusivo

"Nunca agredi a minha mãe e quero saber onde está"

"Nunca agredi a minha mãe e quero saber onde está"

Mulher de 93 anos foi levada de casa por sinais de alegada violência doméstica detetados em ida ao hospital. Filho, com 71 anos, jura inocência.

Uma mulher, com 93 anos, foi internada numa unidade de cuidados continuados, depois de os médicos do Hospital Santo António, no Porto, terem identificado alegados sinais de maus-tratos.

A nonagenária vive, há mais de duas décadas, apenas com o filho, de 71 anos, mas este nega qualquer agressão. E acrescenta que há 15 dias que não recebe, nem da PSP nem do Ministério Público, qualquer informação sobre o paradeiro e o estado de saúde da progenitora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG