O Jogo ao Vivo

Premium

Olivier Parente acusado de comprar Porsches com dinheiro de burlas

Olivier Parente acusado de comprar Porsches com dinheiro de burlas

Olivier Parente, o ex-marido da relações públicas Cláudia Jacques, foi acusado pelo Ministério Público (MP) de três crimes de burla qualificada e um de branqueamento de capitais. Terá desviado 538 mil euros pagos por três cidadãos franceses, em negócios imobiliários, e parte serviu para comprar dois carros da marca Porsche e um Mercedes.

Olivier, que tem dupla nacionalidade, montou vários negócios de mediação para vender propriedades a reformados franceses interessados em mudar-se para Portugal, obtendo benefícios fiscais.

De acordo com a acusação do MP de Portimão, o arguido publicou anúncios na Imprensa francesa para angariar clientes. Em setembro de 2014, um reformado, de Bordéus, então com 84 anos, contactou-o para discutir a compra de um imóvel e assinou uma procuração que permitia ao empresário representá-lo e à sua mulher.