Tribunal

Padeiro detido por matar rival em Lousada fica em prisão preventiva

Padeiro detido por matar rival em Lousada fica em prisão preventiva

O homem que na terça-feira de manhã matou com um tiro de caçadeira o atual namorado da sua ex-mulher foi, na tarde desta quarta-feira, colocado em prisão preventiva pelo Tribunal de Marco de Canaveses.

João Miranda, que iria ser ontem, detido pela GNR por violência doméstica matou o amigo e antigo funcionário com quem mantinha desentendimentos por causa da ex-mulher. A vítima mortal, José Tiago Magalhães, tinha assumido uma relação com a ex-mulher de João Miranda, que também disparou contra a ex-companheira.

A mulher, que sofreu ferimentos ligeiros nos braços e no peito, está fora de perigo, mas teve de ser assistida no Hospital de Penafiel.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG