Lisboa

Padrasto abusou de menor quarenta vezes durante dois anos

Padrasto abusou de menor quarenta vezes durante dois anos

Um homem de 31 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por fortes indícios da prática de cerca de quarenta crimes de abuso sexual de crianças agravado, na forma consumada, no distrito de Lisboa.

Em comunicado, a PJ revela que "os factos foram cometidos durante os últimos dois anos, quando o autor, padrasto da vítima, agora com 13 anos, aproveitando o facto de ter com aquela períodos de coabitação, obrigou a mesma a suportar atos sexuais de relevo".

Presente a primeiro interrogatório judicial, ao detido foi-lhe aplicada a medida de coação processual de obrigação de permanência na habitação.

Outras Notícias