Justiça

Diocese afasta padre e religiosa acusados de escravizar irmãs

Diocese afasta padre e religiosa acusados de escravizar irmãs

A arquidiocese de Braga decidiu nomear um novo padre para acompanhar a Fraternidade Missionária Cristo Jovem, em Requião, Famalicão, que está sob investigação da Polícia Judiciária após denúncias de maus-tratos e escravidão por parte de jovens que lá viveram e fugiram.

O padre fundador e uma religiosa, ambos arguidos, foram afastados.

As dúvidas sobre a forma como funcionava a organização católica levaram a que D. Jorge Ortiga, arcebispo de Braga, destacasse, há cerca de um ano, um sacerdote para que, semanalmente, fosse à Fraternidade celebrar missa e conversar com as religiosas que lá viviam.