O Jogo ao Vivo

Exclusivo

"Padre" suspeito de abusos faz exame para provar impotência

"Padre" suspeito de abusos faz exame para provar impotência

Humberto Gama, em prisão preventiva desde a véspera de Natal, diz querer provar inocência. É suspeito de violar emigrante durante exorcismo, em Murça.

Em prisão preventiva desde 24 de dezembro do ano passado, por suspeita de abusos sexuais, Marcelino Humberto Gama, mais conhecido por "padre Gama", de 84 anos, foi conduzido por guardas prisionais ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Porto, esta semana, para se sujeitar, a seu pedido, a um exame forense com vista a atestar que sofre, como assegura, de disfunção erétil permanente, e que, portanto, era incapaz de abusar da emigrante que o acusa de violação durante uma sessão de exorcismo.

Como na altura o JN noticiou, Humberto Gama foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real, tendo horas depois sido presente a um juiz de instrução, que lhe decretou a prisão preventiva. Foram considerados suficientes e fortes os indícios de pretensos abusos sexuais sobre uma mulher que o procurara na sua residência/consultório, em Cadaval (Murça).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG