Violência

Pai do jovem agredido mortalmente no Porto agradece apoio

Pai do jovem agredido mortalmente no Porto agradece apoio

O pai do rapaz agredido mortalmente, na madrugada de domingo, por um cidadão francês perto de uma discoteca na Baixa do Porto, deixou uma mensagem de agradecimento no Facebook a todos os que o estão a apoiar neste momento de dor.

"Ninguém pode imaginar a dor que um pai sente ao perder o seu filho tão querido. Agradeço a todos os que estão unidos connosco nesta tragédia", começou por escrever Rogério Correia no Facebook. "O meu Paulo, o meu filho lindo nunca será esquecido e a sua alegria de viver tem de ser um alento para todos nós!", pode ler-se, ainda, na publicação do pai do jovem naquela rede social.

Paulo Correia, de 23 anos, levou um soco na madrugada de domingo e, na queda, bateu com a cabeça numa superfície dura. O jovem ainda foi levado para o Hospital de Santo António, no Porto, em estado grave, mas acabou por falecer na segunda-feira. O cidadão francês, detido por ter agredido o estudante, vai aguardar julgamento em prisão preventiva

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG