PJ

Pastor suspeito de atear fogo em Chaves

Pastor suspeito de atear fogo em Chaves

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve um pastor de 66 anos suspeito de um crime de incêndio florestal em Tronco, Chaves.

A PJ disse, em comunicado, que o incêndio ocorreu no dia 16, na localidade de Tronco, e consumiu cerca de cinco hectares de mancha florestal, constituída maioritariamente por mato.

O foco de incêndio, segundo a Judiciária, "colocou em perigo uma mancha florestal, constituída por mato, área agrícola, bem como de habitações próximas, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e meios aéreos".

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Outros Artigos Recomendados