Premium

Patrocínio ao Vitória era estratégia de Melchior para a presidência da Liga

Patrocínio ao Vitória era estratégia de Melchior para a presidência da Liga

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), atualmente em prisão preventiva no âmbito da investigação por suspeitas de viciação de contratos na instalação de Lojas Interativas de Turismo, pretenderia concorrer à liderança da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Um dos passos nesse sentido terá sido um patrocínio de 100 mil euros que o TPNP deu ao Vitória de Guimarães, supostamente para se aproximar do seu presidente e obter o seu apoio.

No lote de crimes de que é suspeito, Melchior Moreira está, além da corrupção, indiciado por participação económica em negócio e falsificação de documento, por causa do patrocínio celebrado com o Vitória, aquando da final da Taça de Portugal de 2017. O jogo era contra o Benfica.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG