Exclusivo

Peixe apreendido aumentou cinco vezes no ano passado

Peixe apreendido aumentou cinco vezes no ano passado

A GNR detetou mais de 800 toneladas de pescado ilegal em 2020. As maiores capturas decorreram nas zonas da Figueira da Foz, Aveiro e Matosinhos.

O controlo costeiro da GNR apreendeu mais de 800 toneladas de peixe no ano passado, um aumento superior a 500% face a 2019, ano em que foram apanhadas quase 131 toneladas. Ao longo dos três últimos anos, as apreensões ultrapassam as 1000 toneladas de pescado.

Em causa estiveram, sobretudo, situações de "excesso de captura e fuga à lota", nomeadamente falta de documentação de registo que comprove a passagem em lota, explica a GNR, adiantando que as maiores capturas decorreram nas áreas da Figueira da Foz, Aveiro e Matosinhos. Já as espécies que mais se destacaram em quantidades apreendidas são a sardinha, a tintureira e os bivalves.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG