O Jogo ao Vivo

Crime

Pena de prisão por roubar estafetas em ciladas no Barreiro

Pena de prisão por roubar estafetas em ciladas no Barreiro

Dois homens com 40 anos foram condenados pelo Tribunal de Almada a seis e dois anos de prisão por armar ciladas para roubar estafetas de comida no Barreiro. Os crimes ocorreram em julho de 2020.

Os dois realizavam encomendas por telefone a diversos estabelecimentos comerciais na cidade e quando os estafetas chegavam com a comida eram ameaçados com facas. Os arguidos encostavam as armas ao corpo das vítimas e roubavam assim a comida e o dinheiro que os estafetas levavam com eles.

Os assaltantes foram detidos pela PSP quando, ao realizarem nova encomenda, foram reconhecidos pela sua voz. Em vez do estafeta, tinham os agentes da PSP no local da entrega.

Um dos arguidos foi condenado a seis anos de prisão por nove crimes de roubo, um deles tentado, condução perigosa de veículo, detenção de arma proibida, furto simples e condução ilegal. Em 2017, foi surpreendido pela PSP a conduzir um automóvel e colocou-se pelas ruas do Barreiro, pondo em risco outros utentes da via pública. Foi reconhecido pelos agentes da PSP e condenado agora.

Mais tarde, em novembro de 2019, entrou numa farmácia, tendo retirado, discretamente, um aerossol. Foi reconhecido pelas imagens de videovigilância e agora condenado por esse crime.

O Tribunal condenou o outro arguido a dois anos e dois meses de prisão por dois crimes de roubo, um deles tentado, e detenção de arma proibida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG