Bragança

Pena suspensa para reformado que disparou sobre condutor de reboque que se atrasou

Pena suspensa para reformado que disparou sobre condutor de reboque que se atrasou

O Tribunal de Bragança condenou a quatro anos de prisão com pena suspensa por igual período o aposentado das Finanças, com 75 anos, que em janeiro disparou sobre o condutor de um reboque, em Vinhais.

O arguido sentou-se no banco dos réus acusado de um crime de tentativa de homicídio qualificado.

Os factos remontam ao dia 10 de janeiro. Quando circulava entre Quirás e Vinhais, na estrada municipal, o carro do arguido avariou. Cerca das 9 horas, telefonou para a assistência em viagens solicitando um reboque. Acabou por esperar perto de três horas pelo serviço. Quando o pronto-socorro chegou, o suspeito, natural de Vinhais mas a residir em Chaves, estava nervoso, exaltado e envolveu-se numa discussão com o condutor do reboque, um homem de 41 anos, recusando-se a assinar a guia de transporte. Gerou-se uma discussão entre ambos e a determinada altura o reformado puxou uma pistola que tinha consigo e disparou duas vezes sobre condutor do pronto-socorro que sofreu ferimentos ligeiros numa perna e que conseguiu fugir do local deslocando-se para outra aldeia, onde acionou os meios de socorro.

O advogado da vítima, Américo Pereira, indicou que não vai recorrer do acórdão e que "a pena é justa".

Outras Notícias