Perseguição

Sem carta e em liberdade condicional, fugiu da PSP de Matosinhos até ao Porto

Sem carta e em liberdade condicional, fugiu da PSP de Matosinhos até ao Porto

Uma perseguição policial em pleno centro do Porto terminou, na noite de terça-feira, na detenção de um homem, que não tinha carta de condução e estava em liberdade condicional. Fuga começou em Matosinhos.

A viatura perseguida era uma carrinha Renault Megane, onde seguiam dois homens, cuja idade não foi revelada, mas que o JN sabe que se encontravam em liberdade condicional. No interior da viatura foram encontradas algumas ferramentas usadas em assaltos.

Ao JN, as autoridades informaram que a polícia tentou uma abordagem aos indivíduos em Matosinhos, mas estes fugiram. "Foi tentada a abordagem, eles aperceberam-se da presença do carro da polícia e automaticamente fugiram", confirmou Manuel Romão, comissário da PSP.

O carro seguiu em alta velocidade até ao Porto e só foi intercetado quando seguia em contramão na Rua de Faria Guimarães e embateu contra um veículo da polícia municipal que estava a bloquear a estrada, junto ao túnel.

Só o condutor foi detido, por não ter carta de condução e por condução perigosa. Tanto condutor como passageiro se encontravam em liberdade condicional. O carro não tinha seguro, sendo apreendido.

No local estiveram a PSP e a Polícia Municipal do Porto, assim como os Bombeiros Sapadores. Não há feridos a registar.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG